TRANSPORTANDO A BICICLETA NO CARRO - COMENTÁRIOS SOBRE A RESOLUÇÃO CONTRAN.

Quando o assunto é transportar bicicleta, cada um tem a sua preferência, podendo ser dentro ou fora do carro, sobre a capota ou na parte traseira, montada ou desmontada, enfim, há uma variedade de formas para você escolher a que melhor atenda às suas necessidades, porém, é importante saber que existem algumas limitações técnicas e legais a serem observadas.

Seja qual for a sua escolha, é fundamental se assegura de que a bicicleta esteja acondicionada e afixada de modo não colocar em perigo as pessoas nem causar danos a terceiros, não atrapalhar a visibilidade a frente do motorista, não comprometer a estabilidade do veículo e nem ocultar as luzes traseiras (freio e indicadores de direção).

Além disso, deve-se observar e respeitar as limitações do veículo quanto ao peso máximo sobre o teto, quando for o caso, ou ainda respeitar a largura máxima do veículo quando do uso de um Rack Traseiro, e nesse caso, será obrigatório o uso de segunda placa traseira de identificação se a bicicleta resultar no encobrimento, total ou parcial, da placa original.

Existe uma Resolução CONTRAN que dispõe sobre o transporte eventual de cargas ou de bicicletas nos veículos; Especificamente o Capítulo III - trata de transporte de bicicletas na parte externa dos veículos.
Art. 8º A bicicleta poderá ser transportada na parte posterior externa ou sobre o teto, desde que fixada em dispositivo apropriado, móvel ou fixo, aplicado diretamente ao veículo ou acoplado ao gancho de reboque.

Art. 9º O dispositivo para transporte de bicicletas para aplicação na parte externa dos veículos deverá ser fornecido com instruções precisas sobre:
I- Forma de instalação, permanente ou temporária, do dispositivo no veículo,
II- Modo de fixação da bicicleta ao dispositivo de transporte;
III- Quantidade máxima de bicicletas transportados, com segurança;

Para leitura da Resolução na integra, busque por RESOLUÇÃO CONTRAN. 349

MaríliAquiles