Ciclistas reivindicam segurança para tráfego

NotiSul - 25/09/2017 |

Mais de 500 ciclistas participaram do movimento “Ciclovia Já”, na SC-442 que liga o bairro Encruzo, na entrada de Jaguaruna, ao Balneário Arroio Corrente, que é rota turística na região. O passeio ciclístico realizado no último sábado ganhou a adesão da comunidade, empresários e diversos grupos que praticam o esporte em prol de melhorias nos acostamentos da rodovia, além da implantação de uma ciclovia no trajeto, que poderia se tornar uma das rotas ideais aos ciclistas.

O trecho de 12 quilômetros da BR-101 até o balneário apresenta falta de segurança e preocupa os moradores que o utilizam diariamente para trabalho ou passeio. A manifestação pacífica contou com a participação dos grupos de serviços Lions Clube, Rotary, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), associações de moradores, e atende a um anseio discutido e reivindicado há anos dentro das prioridades da Associação Empresarial de Jaguaruna, Treze de Maio e Sangão (Acirj).

Na passagem pela principal avenida da cidade, também foi possível observar faixas e cartazes de diversas empresas e entidades apoiando a iniciativa. O padre Avelino de Souza, da Igreja Matriz de Jaguaruna, também apoia o movimento e, durante o ato, recebeu os ciclistas com uma bênção. “O trecho é de muita aptidão, mas devido à insegurança criada pela falta de acostamentos, os ciclistas acabam optando por outras rotas que possuem ciclovias ou, pelo menos, um acostamento que possa ser utilizado com segurança”, lamenta o presidente do Risco Zero Adventure, Thiago Deodato Pereira. Ele ressalta que Jaguaruna possui um dos piores trechos para o uso de bicicletas. “Costumamos fazer um trajeto que passa por Tubarão até Laguna pela balsa, e retornamos por Jaguaruna, via Camacho, e o pior trecho deste trajeto é justamente o que estamos reivindicando, o da ciclovia no bairro Encruzo até a saída para a BR-101”, pede.

Ler Mais: NotiSul