O novo Bike PE é um sucesso

JC - Roberta Soares - 03/10/2017 |

Não é exagero dizer que o novo Bike PE é um sucesso. Os números de utilização dos 16 primeiros dias de operação do sistema comprovam que a população está gostando da nova tecnologia e usando cada vez mais. E o que é melhor: está voltando a acreditar e confiar no sistema, que passou quase dois anos definhando em problemas na Região Metropolitana do Recife. Mesmo com um número ainda pequeno de estações instaladas – são apenas 20 das 80 que integravam a malha do serviço – o sistema de aluguel de bicicletas públicas já está realizando 20% mais viagens do que o antigo modelo, operado pela pernambucana Serttel. Com a mudança, desde o dia 11 de setembro o Bike PE passou para as mãos da paulista Tembici., que utiliza a tecnologia canadense PBSC e é o novo parceiro do Banco Itaú.

Segundo os números da Tembici., entre os dias 11 e 27 de setembro, foram quase 3 mil empréstimos e 975 usuários cadastrados. Desse total de cadastros, 868 foram de novos usuários e apenas 107 de clientes do antigo sistema, o que revela que o Bike PE, depois que passou pela mudança de tecnologia, começou a atrair a atenção de novas pessoas. “Isso é um fato curioso e que nos agradou muito porque mostra que o sistema passa confiança ao usuário, algo fundamental em qualquer serviço de transporte. Além disso, a utilização diária, para deslocamento, não apenas lazer, que sempre predominou no Bike PE, permanece. As viagens durante a semana estão respondendo por 56% dos empréstimos”, afirmou Tomás Martins, CEO da Tembici. As bicicletas estão tendo uma utilização que surpreendeu os operadores. Cada bike está sendo utilizada 2.5 vezes ao dia, quando a expectativa era de que fossem usadas de 1.5 a 2 vezes por dia.

Ler Mais: JC