Saiba como as bicicletas fizeram história no bairro Boa Vista em Joinville

A Noticia - Claudia Morriesen - 01/12/2017 |

De segunda a sexta-feira, Márcia Amorim de Andrade, 37 anos, e Vanessa Finato Malinovski, 32 anos, saem de casa de manhãzinha com destino ao mesmo lugar: as salas de almoxarifado da Fundição Tupy. Elas integram o vaivém de rodas que passam pela ciclovia em direção à empresa localizada na região Leste e chegam a um bicicletário com 1.500 vagas, que, em alguns turnos, já começou a ficar pequeno, apesar de ter passado por reforma e ampliação há menos de cinco anos.

A estimativa da empresa é que, por dia, pelo menos 3.500 funcionários chegam para trabalhar utilizando a bicicleta como meio de transporte – não à toa, foi principalmente por causa do alto número de funcionários ciclistas da fundição que a relação de Joinville com as bicicletas tornou-se famosa.

 – Eu me lembro de uma época em que a gente se planejava para não sair de casa no mesmo horário da saída da empresa, porque havia congestionamento de bicicletas – recorda Márcia.

Ler Mais: A Noticia